Publicado por: . | 05/08/2012

Perfil profissional do PM

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Sabemos que a modernização, a educação e os recursos humanos conformam os pilares fundamentais de toda organização para assumir as situações cada vez mais complexas da sociedade. As mudanças científicas e tecnológicas são constantes nesta sociedade afetando as pessoas, sua cultura e o seu meio natural e social.

Na Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte os lineamentos que emanam do Comando-Geral são que seus integrantes devem receber uma educação que lhe permitam assimilar e manejar a situação mutante que se produz na atual sociedade.

Estes conceitos são entregues no marco da educação permanente, propiciando a garantia da carreira profissional através das modalidades educativas de Formação, Aperfeiçoamento, Especialização e Capacitação. Cada uma destas fases se baseia no desenvolvimento axiológico, ético e intelectual buscando o logro das competências pessoais e profissionais de quem participa no processo educativo Institucional.

A Formação e o Aperfeiçoamento se plasmam considerando os objetivos, as necessidades e os requerimentos Institucionais, sendo organizados e implementados pelo Plano Geral de Ensino – PGE e pelas Normas de Planejamento e Conduta de Ensino – NPCE., através dos variados cursos que se oferecem na Instituição como também em Corporações nacionais e estrangeiras.

A Especialização e a Capacitação permanente que se entrega na Corporação permite ao Militar, o seu  melhoramento qualitativo da função policial; a atualização no conhecimento de novas técnicas; o desenvolvimento de novas habilidades; o aprofundamento e renovação  do conhecimento na área policial e social.

Toda Instituição necessita se adaptar as mudanças que apresenta a sociedade. A Policia Militar do Estado do Rio Grande assume que a adaptação e incorporação a este processo de mudanças permanentes, se logra fundamentalmente através da educação de seus recursos humanos. A vivência de uma aprendizagem baseada na educação sistemática e orientada para os fins institucionais, permite o crescimento pessoal e profissional dos que fazem parte da organização. Esta estratégia educativa tem permitido uma eficiência e eficácia da atividade policial reconhecida por toda comunidade potiguar.

O elemento humano é o recurso que a Polícia Militar possui para cumprir a importante missão que lhe determina a Constituição e suas Leis. Desta forma se desprende a necessidade de formar e capacitar de acordo com as necessidades próprias da Corporação e as exigências de uma sociedade em constante mudança.

A formação do profissional de segurança pública se realiza integralmente na base do ensino que se lhe entrega por meio de matérias jurídicas, técnico-profissionais, culturais e normas regulamentares, e ainda mais de princípios e valores que permitirá desempenhar com eficiência a função policial.

O MILITAR NA PARTE PESSOAL

Deve possuir uma escala de valores sólida que o oriente adequadamente tanto na formação pessoal como no exercício de suas atividades; estabilidade e controle de suas emoções; espírito de aceitação à critica dos demais e da autocrítica; capacidade adequada para estabelecer relações interpessoais positivas; e capacidade de liderar no nível que lhe corresponda.

COMPETÊNCIA TÉCNICO PROFISSIONAL

Deve conhecer os propósitos e objetivos da Corporação como organismo fundamental do poder público, para a manutenção da ordem e da segurança pública; ajustar sua conduta profissional de acordo com as normas e princípios disciplinares e de doutrina Institucional. Ainda mais, de conhecer as normas legais relativas a tipificação dos delitos, sua aplicação processual, sendo de suma importância conhecer as principais leis, infrações e seu correspondente procedimento policial.

COMPETÊNCIA NA ÁREA LEGAL

Deve conhecer os princípios e valores fundamentais que protege e consagra os Direitos da Pessoa Humana; as disposições da lei penal; as normas legais de fiscalização das vias de trânsito e no comportamento das pessoas; interpretar perfeitamente o conceito de lei, sua qualificação e os efeitos que produzem.

 COMPETÊNCIA NA ÁREA DE FORMAÇÃO GERAL

Deve manifestar uma conduta profissional de acordo com os postulados e princípios da doutrina Institucional; as origens históricas da função policial; a importância da linguagem e da comunicação; conhecer e compreender o comportamento humano.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A Segurança Cidadã se transformou num tema de estudo e análises por parte de diferentes organismos oficiais, requerendo de maneira constante a presença de nossos conhecimentos profissionais. O alto nível de desempenho alcançado pelos que concluem cursos na Corporação, proporciona a integração de equipes de trabalho multidisciplinares. Fazendo com que a presença de Profissionais de Segurança Pública de todo país, bem como de outras categorias profissionais, que realizam diversos cursos e estágios em nossa Polícia Militar, assimilem a doutrina e os ensinamentos, projetando-nos a nível nacional, o que permite realizar um intercâmbio de experiências, conhecimentos e sistemas. Da mesma forma que os nossos Militares que realizam cursos em outras Instituições nacionais e estrangeiras contribuem sobremaneira para  aumentar a qualificação técnico profissional dos integrantes da PMRN.


Responses

  1. EXCELENTÍSSIMO SENHOR COMANDANTE,

    CUMPRIMENTANDO VOSSA EXCELÊNCIA, VENHO MAIS UMA VEZ COMPARTILHAR MINHA SINGELA OPINIÃO AQUI NO VOSSO BLOG.

    E, COMO NÃO PODERIA DEIXAR DE OBSERVAR, A INDIGNAÇÃO DE PARTE DE NOSSOS COMPANHEIROS DA BASE, QUE EM VIRTUDE DA CONCRETIZAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO E PAGAMENTO DO FAMOSO ‘SUBSÍDIO’, NÃO AGRADOU MUITO PELO SALDO QUE APARENTEMENTE TRANSPARECEU PÍFIO NAS CONTAS DAQUELES QUE FAZEM PARTE DA MAIORIA DE NOSSA CORPORAÇÃO.

    NÃO CONSIGO RETIRAR TOTALMENTE A RAZÃO DELES, MAS PRECISAMOS, COMO V.Exª. SABIAMENTE MESMO RESPONDEU: “…quando alguém está com muita sede que pode beber 1.000 ml de água, certamente irá beber copo por copo…”

    A VOSSA RESPOSTA, CLARAMENTE DIRIME AS DÚVIDAS DE QUE O SUBSÍDIO NÃO PAROU NA SUA TRANSFORMAÇÃO E IMPLANTAÇÃO ATUAL. DAÍ NÃO PRECISAMOS FICAR TÃO ANGUSTIADOS E COM SENTIMENTOS DE DIVISÃO E ATÉ DE EXCLUSÃO…ACREDITO QUE NEM MESMO OS INATIVOS E PENSIONISTAS QUE PROVISORIAMENTE FICARAM SEM CONTEMPLAÇÃO EM CONCRETO.

    NA VOSSA PUBLICAÇÃO COM RELAÇÃO AO ‘PERFIL PROFISSIONAL DO PM’, A RIQUEZA DE DETALHES É ENORME E ABRANGE TODA E QUALQUER DÚVIDA QUE PODERÍAMOS TER COM RELAÇÃO A ESSE TIPO DE VALORIZAÇÃO DO POLICIAL EM QUESTÃO.

    ORA, SE FORMOS FAZER AQUI UMA ANÁLISE DAQUILO QUE FOI PORPOSTO COMO MENSAGEM POSITIVA DO QUE ESTÁ DISPOSTO, IREMOS FICAR MUITO TEMPO, TENTANDO TRADUZIR A SENTENÇA IN VERITAS. MAS SE ENUMERARMOS O QUE CHAMA MAIS À ATENÇÃO, VERIFICAMOS QUE MESMO SENDO PROFUNDAMENTE INTERESSANTE A QUESTÃO DA VALORIZAÇÃO SALARIAL EM SI, NÃO ESTÁ EM VOGA.

    “Toda Instituição necessita se adaptar as mudanças que apresenta a sociedade”.

    CREIO QUE ESSA FRASE, BRILHANTEMENTE DISPOSTA, RESPONDE A QUASE TUDO QUE PROPÕE ESSE TEXTO.

    COMO DEVERIA SER:

    1. O MILITAR NA PARTE PESSOAL;
    2. COMPETÊNCIA TÉCNICO PROFISSIONAL;
    3. COMPETÊNCIA NA ÁREA LEGAL;
    4. COMPETÊNCIA NA ÁREA DE FORMAÇÃO GERAL.

    POR FIM, O MILITAR NA SEARA PESSOAL (“Deve possuir uma escala de valores sólida que o oriente adequadamente tanto na formação pessoal como no exercício de suas atividades; estabilidade e controle de suas emoções; espírito de aceitação à critica dos demais e da autocrítica; capacidade adequada para estabelecer relações interpessoais positivas; e capacidade de liderar no nível que lhe corresponda”). É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, PARA O DESENVOLVIMENTO DO RESTANTE DAS PREMISSAS, POIS SEM ESSE PREPARO PESSOAL, JAMAIS CONSEGUIRÁ VENCER AS DIFICULDADES DIÁRIAS DE NOSSA ÁRDUA PROFISSÃO.

    RESPEITOSAMENTE,

    GETÚLIO MEDEIROS – 2º Sgt PM

    • Prezado Getúlio, precisamos de pessoas com pensamentos positivos e que tenham visão de futuro como você expressou nas suas palavras.

  2. “O MILITAR NA PARTE PESSOAL
    Deve possuir uma escala de valores sólida que o oriente adequadamente tanto na formação pessoal como no exercício de suas atividades; estabilidade e controle de suas emoções;…”

    Bom Dia Comandante

    Muito interessante e excelente como forma de avaliação este post, porém, destaquei uma pequena parte onde fala sobre o bem mais valioso da PM/RN, o homem, como ter estabilidade e controle emocional sabendo que não fomos VALORIZADOS pela PM e pelo Governo com um Plano de Carreira aprovado em todas as reuniões e assembleias que fui onde o Subsídio só seria aceito se enviado os dois juntos, ou seja, não fomos valorizados Comandante, a maioria dos SGT’s e Oficiais tiveram quase ou mais de 100% de aumento e tem ascensão profissional garantida, e eu como Soldado o que tive de aumento não chega a 10 ou 15%, sinceramente Comandante, os SOLDADOS foram passados para trás pelas ACS’s, como ter controle emocional numa hora dessas, vendo companheiros com sorrisos de orelha a orelha e nós Soldados com dívidas e cabisbaixos, Comandante, não sou contra a um Oficial ou Sgt ganhar bem, más sou contra um aumento salarial e ascensão profissional para uns e outros não. Basta ver campanhas salariais em outros estados, como foi diferente aqui no RN, e posso garantir que 95% do SOLDADOS hoje compactuam com o que estou dizendo agora ao Sr…

    Alguém teria que ter “batido martelo” e ter dito na mesa de negociações: “Ou se beneficia a TROPA por inteiro, ou vamos ESPERAR até que o ESTADO tenha condições de fazer”.

    E essa pessoa era o Sr…

    • Prezado Alexandre, respeito sua opinião, mas tudo é construído passo a passo, quando alguém está com muita sede que pode beber 1.000 ml de água, certamente irá beber copo por copo, o Subsídio Base do Soldado é 50% de um Primeiro-Sargento PM e 20% do Coronel PM, nas Lei anteriores sempre foi um Soldo em torno de 10% do Coronel PM, hoje ocorreu um realinhamento e uma valorização para todos.

      • Comandante, também respeito a opinião do Sr, porém a PM foi para o “final da fila”, sendo assim agora o Governo atenderá as outras categorias, justo … tenho fé que melhoras virão, espero que os companheiros que são soldados não passem por dificuldades financeiras até lá, nosso salário defasa dia-a-dia e não temos muita “gordura a queimar”.

        Obrigado Comandante


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 408 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: