Publicado por: . | 20/05/2012

A Gestão Moderna da Atividade de Polícia Ostensiva

O crime é a combinação da vontade e da oportunidade do cometimento, cabendo a polícia ostensiva, com base no geo-processamento das ocorrências policiais, ou seja, com a visibilidade da mancha da criminalidade, reduzir naquele espaço geográfico as possibilidades de que ele ocorra. Essa atividade, no tocante a Polícia Militar, se faz com mulheres e homens uniformizados, viaturas caracterizadas e equipamentos colocados estrategicamente em vias públicas, nos dias e horários de maior incidência desses delitos.

A polícia ostensiva deve laborar diuturnamente usando os conhecimentos produzidos pela atividade de inteligência policial, fazendo com que haja uma otimização no emprego dos meios e esforços, tornando a atividade mais eficiente e eficaz e conseqüentemente produzindo melhores resultados.

A Polícia Militar deve colocar o maior efetivo possível nas ruas e logradouros públicos, enxugando as atividades burocráticas e os desvios de função, para poder proporcionar uma maior sensação de segurança à comunidade.

A gestão administrativa e operacional da Polícia Militar deve ser pautada na motivação dos recursos humanos, o maior patrimônio da instituição, quebrando paradigmas, onde as funções de Comando, Chefia e Direção devem ser entregues aos bons gestores independente de serem os mais antigos, deve-se libertar das amarras de que a antiguidade é posto, pois ocupará as funções administrativas e operacionais quem tiver a melhor competência na gestão com resultados, não podemos tolerar a permanência inoficiosa.

A oxigenação nos quadros de (Oficiais e Praças)  na Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, o sangue novo, é uma estratégia extremamente importante na busca dos resultados administrativos e operacionais, pois a experiência não poderá suplantar a técnica, porque o futuro não precisa apenas ser imaginado, ele precisa ser construído e os mais jovens ocuparão as funções em nível estratégico na Corporação dando uma maior agilidade nas transformações e adequações à época da modernidade.

A requalificação dos recursos humanos deve ser uma constante, pois a polícia pró-ativa, não poderá ser jamais sinônimo de polícia arbitrária. A energia deve ser a necessária e na medida certa. O emprego proporcional da força constitui doutrina de ação de uma polícia competente e moderna que atua com base na inteligência, no respeito aos limites da lei e na dignidade da pessoa humana. O caminho da polícia ostensiva não estará isento de dificuldades, porque este trabalho se desenvolve numa sociedade que se materializa no núcleo de conflito humano, como comprovamos diariamente nas operações e atuações policiais.

O propósito da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte é entregar um serviço efetivo a toda comunidade. Os conhecimentos que unidos a uma sólida formação, sustentada na hierarquia e na disciplina, proporcionará uma gestão moderna na atividade de polícia ostensiva que nos permitirá servir do melhor modo possível a sociedade potiguar.


Responses

  1. Sábias palavras. Ainda acredito que a requalificação em serviço é a saída para o bem servir a comunidade, dando oportunidade aos bons policiais e não àqueles que por serem um fardo inútil aos comandantes de unidades, são enviados para esses cursos, e temporariamente não se perca o bom policial. Assim sendo, o bom policial deixa de se qualificar, enquanto o desinteressado faz cursos só por fazer, e com isso todos perdem inclusive a sociedade que clama por segurança com qualidade.

    • Prezado Sargento Mauricio, agradeço seu interesse pelo assunto.

  2. Concordo plenamente, meu comandante. E, ainda, reitero mais, essa oxigenação nos quadros de oficiais poderá ser feita com sangue novo e experiente daqueles que já fazem parte da instituição e que tem plena capacidade de assumir esta tarefa honrosa, já provada pelo excelente trabalho que prestam a nossa sociedade; bem como, no quadro de sargentos. Aproveito a oportunidade para perguntar ao nobre comandante o que está dificultando a realização de novos concursos para cfo e sgt pm rn? Por ultimo, quero dizer que somos gratos a Deus por te-lo como nosso comandante e que de minha parte, estou sempre orando a Deus para que o abençoe a cada dia, dando sabedoria para tomar com justiça, todas as decisoes que tiver que fazer e que o guarde sobre suas asas poderosas.

    • Prezado George, os concursos (CFC, CFS, CFO e EAO) estão parados devido o LRF, na primeira oportunidade iremos realizá-los.

  3. Concordo com todas as palavras, vígulas e pontos. Parabéns Comandante, Cel. Araújo. Se pensas assim, eis o primeiro passo.
    A gestão gerencial é um conceito moderno de gestão que deve ser perseguido pelo bom administrador público.
    De fato os orgãos públicos devem modificar suas práticas, renovar seus quadros e motivar seu capital humano em buscar de uma melhor prestãção de serviço ao cidadão com o escopo de preservar a paz pública e, consequentimente, a harmonia social.

    • Prezado José Marlon, agradeço suas palavras.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 420 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: